Atenção Atenção: Eu estou apto a reescrever os arquivos de configuração: /home/imagoeditora/public_html/includes/configure.php. Este é um risco de segurança - por favor, configure permissão de usuários para esse arquivo.
quinta, 19 maio de 2022

INFIÉIS - O CONFLITO ENTRE A CRISTANDADE E O ISLÃ

Wheatcroft, Andrew

528 páginas

R$ 88,00

Sinopse


No ano de 638, o patriarca ortodoxo de Jerusalém qualificou de abominação aos olhos de Deus a presença do califa muçulmano
na igreja do Santo Sepulcro. Desde esse primeiro contato, cristãos e
muçulmanos têm encarado uns aos outros com desconfiança.


Este livro esquadrinha a longa história dessa conturbada relação. Sugere que ódio não é instinto, mas uma atitude encorajada e aprendida através de muitos séculos. Durante esses séculos, o antagonismo foi inflamado pela palavra escrita – por meio da imprensa – e pelo poder da voz humana. Nutriu-se de sugestões sutis e insidiosas em pinturas, desenhos e gravuras. Essa batalha ainda está travada, hoje, por intermédio de jornais, revistas e livros, da televisão, do rádio e da internet. O exame de Andrew Wheatcroft assume uma nova linha. O autor se concentra minuciosamente nas três áreas em que muçulmanos, cristãos e judeus viveram juntos por longos períodos: a Espanha, o levante e os Balcãs.


O padrão do ódio era similar, mas não idêntico em cada caso. Na Espanha, primeiro os judeus e depois os descendentes dos mouros foram por fim expulsos – porque esses “estrangeiros” passaram a ser temidos como contaminadores da “Sacra Espanha”. No levante, a intervenção dos cruzados reavivou as ideias de jihad, ou guerra pela fé, há muito latentes entre os muçulmanos. Nos Balcãs, reminiscências distantes, relembradas, registradas disseminadas tornaram-se o estímulo para atrocidades no século XX.


Agora, no século XXI, teve início um novo ciclo: mais uma vez, opiniões formadas há muito tempo estão ressurgindo. Não se estabelecem analogias fáceis entre aqueles dias distantes e nosso presente, porém os leitores hão de fazer suas próprias associações. Infiéis é um livro importante e que prende a atenção porque vivemos em tempos terríveis, pelo menos em parte em consequência dessas falsas e “resgatadas” lembranças de um passado há muito tempo morto.



Encontre o livro que você está procurando:

Copyright © Imago Editora Ltda. | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: www.sv.com.br