Atenção Atenção: Eu estou apto a reescrever os arquivos de configuração: /home/imagoeditora/public_html/includes/configure.php. Este é um risco de segurança - por favor, configure permissão de usuários para esse arquivo.
segunda, 17 janeiro de 2022

A BABEL DO INCONSCIENTE

Amati-Mehelr, Jaqueline - Argentieri, Simone - Canestri, Jorge

336 páginas

R$ 77,00

Sinopse


Nos últimos vinte anos, a comunidade psicanalítica vem gradualmente
reconhecendo a importância central da linguagem como aspecto essencial do processo psicanalítico. O impacto exercido pelo desafio de Lacan à Psicanálise clássica, derivado de sua asserção do inconsciente como uma linguagem, foi determinante para chamar a atenção
dos psicanalistas da Europa continental para essa questão. Ao mesmo tempo, sob a influência da psicologia do ego, a literatura psicanalítica
de língua inglesa passou a focalizar-se nos aspectos linguísticos
da comunicação do paciente, como expressão de sua estrutura
caracterológica defensiva. Na América Latina, a análise realizada
por David Liberman sobre os estilos linguísticos, como uma expressão
dos primeiríssimos determinantes da estrutura de caráter, operou
uma ligação entre a abordagem kleiniana e exploração
da linguagem do paciente.

Derivam-se, deste novo foco na Psicanálise, problemas teóricos estimulantes e descobertas clínicas significativas, como por exemplo: a relação entre linguagem e função simbólica em geral; a natureza e relevância clínica da experiência pré-verbal, as implicações da relação entre representação de coisa e representação de palavra, de um lado, e, de outro, entre processo primário e processo secundário; e a relação entre a linguagem e a consolidação da estrutura tríplice. Todos esses são desafios atuais para o desenvolvimento da teoria psicanalítica.
A originalidade de A Babel do Inconsciente consiste no fato de utilizar ─ rompendo todo o esquema preestabelecido ─ uma nova metodologia para explorar todos os fenômenos mencionados anteriormente. Recolhendo todos os dados derivados da experiência clínica de psicanalistas polilíngues que trabalharam com pacientes polilíngues, Amati-Mehler, Argentieri e Canestri oferecem uma perspectiva nova e estimulante sobre o processo associativo, sobre a relação entre memória, recordação e consciência, sobre a relação entre a estrutura linguística e a consolidação do inconsciente dinâmico e sobre as implicações transferenciais e contratransferenciais das distorções linguísticas na comunicação entre paciente e analista.



Clientes que compraram esse produto também compram...

Encontre o livro que você está procurando:

Copyright © Imago Editora Ltda. | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por: www.sv.com.br